Resenha: Contos da Seleção - Kiera Cass

Contos da Seleção: O Príncipe & O GuardaTítulo: Contos da Seleção
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Número de Páginas: 257
ISBN: 9788565765329

Avaliação: 4/5.


O Príncipe & O Guarda - Os dois contos que se passam no universo criado por Kiera Cass, autora da trilogia A Seleção, agora estão disponíveis em edição impressa. Em “O Príncipe e O Guarda”, o leitor pode acompanhar de perto os pensamentos e emoções dos dois homens que lutam pelo amor de America Singer. Antes de America chegar ao palácio, já havia outra garota na vida do príncipe Maxon. O conto O príncipe não só proporciona um vislumbre das reflexões de Maxon nos dias que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Descobrimos como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam. Para America, a vida antes da Seleção também era muito diferente. A começar pelo fato de que ela estava completamente apaixonada por um garoto chamado Aspen Leger. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando membro da guarda do palácio. Em O guarda, acompanhamos Aspen a partir do momento que o grupo de trinta e cinco garotas da Seleção é reduzido para a Elite, conhecemos sua rotina dentro das paredes da casa da família real — e as verdades sobre esse mundo que America nunca chegou a conhecer. Leitura indispensável para os fãs de A Seleção, esta antologia inclui, ainda, um final estendido do conto O Príncipe; conteúdos extras exclusivos, como uma entrevista com a autora e dados inéditos sobre os personagens; além dos três primeiros capítulos de A escolha, o aguardado desfecho da trilogia.



O príncipe...
como não gostar mais ainda do Maxon, depois deste conto?
O conto o Príncipe, nos conta os dias que antecedem a Seleção, vamos descobrir como estava o Maxon antes de começar e todos os preparativos que todas as pessoas do castelo estava envolvidas.
Eu já tinha até que uma noção de como foram escolhidas as meninas, mas não imaginei que fosse daquele jeito.
o Maxon era inexperiente com as mulheres? com certeza. Mas ele conheceu uma princesa que era a sua única amiga, mas que por causa da política foi prometida a um príncipe, mas que na verdade gostava de Maxon, mas ele não sabia o que sentia em relação a princesa.
é muito legal as interações que ele tem com a America, pois a opinião que cada um tinha era quase que igual.
"Por outro lado talvez não fossem esses seus planos. As pessoas são os que elas são... Minha mãe era como um cobertor, compassiva devido á infância carente e sempre buscando proteger e reconfortar." - Pág. 30-31
Se antes eu já havia gostado do  Maxon, depois deste conto, ai só amores.

O Guarda...
É contato pelo ponto de vista do Aspen.  Nele vemos o outro lado do palácio. Na narrativa de Maxon, conhecemos um pouco mais sobre a rotina da realeza, vemos como é viver em um palácio. 
Já na narrativa de Aspen, vemos que viver em um palácio nem sempre pode ser um mar de rosas, e acompanhamos também o dia a dia dos guardas do palácio. E percebe-se que os ataques ao palácio estão se tornando mais frequentes e consequentemente mais precisos.
" Ah, tudo não significa nada quando se ama alguém, especialmente na juventude." Pág. 115.
E claro, os momentos de Aspen e America estão bem frequentes, e vemos qual o verdadeiro sentimento por America.

Eu achava que depois que eu lesse os dois contos eu decidiria de que lado ficar: Aspen x Maxon. Mas a verdade é que eu fiquei mais dividida ainda. Como não adorar os dois? Ambos são fofos a sua maneira.
 O livro além de contar com os dois pontos de vista dos personagens ainda conta com um bônus par os fãs da série. Há uma lista com todas as participantes da seleção e muitas eu nem lembrava que passaram por lá. Há a árvore genealógica de Aspen, Maxon e América o que achei uma informação interessante. Ainda o livro conta com a trilha sonora de A Seleção e A Elite. Amei tem muito Paramore <3. A entrevista com a autora é mais um ponto positivo para o livro, pois ela conta como ela deu vida aos personagens e como foi o processo criativo para criar este mundo de A Seleção.



"As coisas são assim. O céu é azul, o sol é quente, e Aspen ama America para sempre. O mundo foi feito para ser assim." Pág. 138
"Não pude evitar o ciúme. Desde aquele primeiro dia no apartamento do irmão dela - desde o momento em que descobri o que sentia por America-, fora obrigado a amá-la de longe. Mas Maxon podia sentar ao seu lado, tocar sua mão: o abismo entre suas castas não importava." Pág. 194 
O livro adiciona algo a mais a série? Não.
Mas para os fãs da trilogia/Série, é uma leitura interessante pois assim, além de acompanharmos os dois lados da história,ainda temos vários bônus no livro, a entrevista, a playlist e os primeiros cpítulos de A Escolha.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Nome:
Blog/Site:

Topo