Resenha: A Vidente - Hannah Howell

Título: A vidente
Autora: Hannah Howell
Editora: Lua de Papel
Número de páginas:222
A vidente é o primeiro livro da saga das irmãs Wherlocke, uma história eletrizante que combina suspense e romance até as últimas páginas.
Do mês de Janeiro, esta sem dúvidas foi a minha leitura favorita até agora. Hannah Howell, não é uma escritora muito conhecida, mas eu adoro os livros dela. É uma autora que sabe como prender os seus leitores, a sua escrita é fácil de se entender. A vidente, A sensitiva, A intuitiva e o Escolhido são uma série de livros, mas são independentes que contam um pouco de cada membro da família Wherlocke e Vaughn. Sem contar que todos os livros são super fofos, reparem o detalhe da fita:
OBS: A foto do inicio do post, é a do meu exemplar, que é edição econômica, esta foto aqui em cima é a versão normal.

Vamos a resenha?
Vamos para o século XVIII, na Inglaterra georgiana. O livro conta a história de Chloe Wherlocke,como toda a sua família, ela também tem um dom: ela pode ver além da visão física. Em 1785, ela salva um garotinho de uma morte iminente. A própria mãe do menino o deixou para morrer nos braços de uma mulher a beira da morte. Enfim, Chloe e seu primo Leo, cuidam do menino Anthony. Passado três anos, Chloe salva o pai do garotinho, o Conde Julian Anthony Charles Kenwood - não sei pra que tanto nome-, que se não fosse por ela, ele estaria morto. Ao final do ultimo ano ele sofrera vários atentados contra a própria vida. Pois duas pessoas muito próximas do Conde o querem morto. Julian é levado para a casa de Leo, onde se recupera, e formam muitos planos contra os seus inimigos. Julian fica super emocionado quando descobre que seu filho, herdeiro de seu trono, não morreu. E começa a sentir algo a respeito da moça que o salvou. É daí que se da todo o desenrolar da história.
É um romance mas não tem todo aquela melação. 
Super recomendo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Nome:
Blog/Site:

Topo